"As Flores de Lótus", de José Rodrigues dos Santos (Edição em Português)

Depois de alguns anos em que a versão portuguesa dos livros de José Rodrigues dos Santos não estiveram disponíveis em edição Kindle, eis que a Gradiva editou, nas lojas Amazon dos Estados Unidos, Espanha e Reino Unido o mais recente livro daquele jornalista e escritor português. Veja mais detalhes em cada uma das lojas Amazon, em função da loja onde tem o seu Kindle registado.







Do editor:

Pode uma ideia mudar o mundo? 
O século xx nasce, e com ele germinam as sementes do autoritarismo.
Da Europa à Ásia, as ondas de choque irão abalar a humanidade e atingir em cheio quatro famílias.
Depois de assistir à queda da monarquia, o capitão Artur Teixeira vê as esperanças da República afundarem-se num caos de instabilidade. Adere à revolução militar e recebe uma missão: convencer Salazar a tornar-se ditador.
Satake Fukui cresce num Japão dilacerado entre a tradição e a modernidade. O seu confronto com o militarista Sawa reflete um braço de ferro que ameaça mergulhar o país, e o mundo, numa catástrofe sem precedentes.
A chinesa Lian-hua nasce com olhos azuis, os mesmos que veem a China arrastada para um choque titânico entre os nacionalistas, os comunistas e os japoneses. Apanhada no fogo cruzado, é raptada por um radical comunista: o jovem Mao Tse-tung.
Os bolcheviques acabam de conquistar a Sibéria e batem à porta da pequena quinta dos Skuratov. Estaline iniciou as coletivizações e a família de Nadezhda é lançada num ciclo de medo, fome e sofrimento.

Quatro histórias. Quatro famílias. Quatro destinos.
Senhor de uma prosa lúcida e poderosa, José Rodrigues dos Santos embarca connosco e com figuras históricas como Salazar e Mao Tse-tung numa viagem arrebatadora que nos leva de Lisboa a Tóquio, de Irkutsk a Changsha, do comunismo ao fascismo. Com As Flores de Lótus nasce uma das mais ambiciosas obras da literatura portuguesa Contemporânea.

Sem comentários:

Enviar um comentário