Black Friday 2017 já oferece descontos - Kindle Paperwhite com 20 Euros de desconto. Saiba tudo

A Amazon volta a oferecer descontos especiais na compra do Kindle Paperwhite.

A oferta tem um tempo limitado.


UK - Clique na imagem:                                        Espanha - Clique na imagem:

Kindle Paperwhite                             E-reader Kindle Paperwhite

Se já anda a pensar comprar um Kindle está na hora de aproveitar. O Kindle Paperwhite está mais barato, em semana de Black Friday.

Veja todos os detalhes aqui, na Amazon Espanha. São 20 Euros de desconto.

Clique aqui: Comprar Kindle Paperwhite com desconto na Amazon Espanha.


Os descontos também estão em vigor nas diferentes lojas europeias da Amazon:

- Amazon Reino Unido - Clique aqui: Comprar Kindle Paperwhite com desconto

- Amazon França - Clique aqui: Comprar Kindle Paperwhite com desconto

- Amazon Itália - Clique aqui: Comprar Kindle Paperwhite com desconto

- Amazon Alemanha - Clique aqui: Comprar Kindle Paperwhite com desconto


Não se esqueça que, para encomendar diretamente para Portugal tem de selecionar sempre a opção "Sem ofertas especiais" (ou seja, na prática, sem publicidade quando o Kindle está desligado).



COMPRAS SEM IVA NA AMAZON:

Uma dica adicional, se tem uma empresa, e a mesma estiver inscrita no sistema de IVA intracomunitário pode comprar produtos nas diferentes lojas europeias da Amazon sem IVA.

Neste caso aplica-se a regra de autoliquidação do IVA e os produtos ficam (ainda) mais em conta.

Para deixar de pagar IVA nas suas compras na Amazon basta inserir o número de IVA da sua empresa nas Configurações da sua conta na Amazon, esperar que a Amazon confirme o número (demora poucos minutos) e já está! Pode fazer compras sem IVA.

Por exemplo, em Espanha - "Mi cuenta ---> "Configuración ---> Contraseña, E-mail y Premium ---> Gestionar mi numero de IVA"

Por exemplo, em Inglaterra: "Your Account -->  Settings Password, Prime & E-mail --> Manage VAT Registration Number"




Kindle, Kindle Paperwhite e Kindle Voyage com 20% de desconto na Amazon Reino Unido


Kindle, Kindle Paperwhite e Kindle Voyage com 20% de desconto na Amazon Reino Unido.

Veja tudo aqui.

Desconto por tempo limitado.

Veja o exemplo para o 
Kindle Paperwhite:

Custo final, tudo incluído (Kindle, portes e impostos): 136, 66 EURItems: GBP 98.39Postage & Packing: GBP 5.85(Order Total: GBP 104.24)Payment Total: EUR 136,66



Onde Comprar o Kindle

Uma das perguntas mais frequentes de quem visita este blogue é saber se poderá comprar o Kindle em Portugal em lojas físicas, especialmente em cadeias de retalho especializado, como a Fnac, a Worten, a Media Markt ou a Rádio Popular.

A verdade é que não vai conseguir encontrar o Kindle em nenhuma loja de Portugal. Ele tem mesmo de ser encomendado nas lojas online da Amazon.

Neste momento (junho de 2016), se estiver em Portugal pode encomendar o Kindle a partir da loja Amazon de Espanha. Pode clicar aqui para ver os modelos disponíveis.

Uma nota importante, Se pretender encomendar o seu Kindle Papewhite numa loja Amazon na Europa tem sempre de optar pela versão "Sem ofertas especiais". A Amazon não envia com ofertas especiais porque não comercializa publicidade para o Kindle em Portugal.


Inicialmente o Kindle apenas podia ser encomendado na loja online da Amazon dos Estados Unidos. A verdade é que, com o sucesso global do Kindle, a Amazon foi alargando cada vez mais o número de lojas online onde é possível comprar o Kindle. 

Assim, para além de Espanha, pode encomendar o Kindle para Portugal nas lojas Amazon do Reino UnidoFrançaAlemanha Itália.

Assim, e resumindo, para comprar o Kindle em Portugal poderá fazê-lo aqui:

Amazon Espanha: http://amzn.to/24Knzy8 




Amazon IT: http://bit.ly/1YjPbYj



Política de Devoluções de Livros Digitais (ebooks) da Amazon

Sabia que se se enganar a comprar um livro digital para Kindle ou se não gostar do ebook que adquiriu tem 14 dias para solicitar a devolução do dinheiro da compra? (Site Amazon.es)

Basta ir à sua página de gestão dos seus conteúdos na Amazon e, junto ao livro em causa selecionar a opção "Devolver Livro".
Si cambias de opinión sobre el libro comprado en la Tienda Kindle, o lo compraste por error, puedes devolverlo y solicitar un reembolso durante un periodo de 14 días a contar desde la fecha de compra. Ten en cuenta que cuando se emita el reembolso dejarás de tener acceso al libro.
No es necesario contactar con nuestro Servicio de atención al cliente para solicitar reembolsos. Puedes solicitarlo directamente desde la página Gestionar mi contenido y mis dispositivos. Marca la casilla junto al contenido en cuestión, haz clic en el botón bajo la columna Acciones y selecciona la opción Devolución por reembolso.
Si lo prefieres, ponte en contacto con nuestro servicio de Atención al cliente por teléfono, chat o e-mail haciendo clic en el botón Contáctanos que encontrarás en esta página."
Veja todos os detalhes aqui: http://amzn.to/245WMcm (Amazon Espanha)
Na loja dos EUA esse direito também é reconhecido aos clientes mas o prazo é de 7 dias.
Ver aqui: http://amzn.to/1WMg7QK (Amazon.com)
"
  • Books purchased from the Kindle Store can be returned within seven days of purchase. Once a refund is issued, you'll no longer have access to the book. To request a refund and return content, visit Manage Your Content and Devices, select the Actions button next to the title you'd like to return, and select Return for Refund."
À esquerda um tablet, à direita um Kindle Paperwhite

Kindle Oasis - Novo Kindle lançado hoje pela Amazon

A Amazon lançou hoje um novo modelo de Kindle, o Kindle Oasis.



O novo modelo representa um corte com os modelos mais recentes do Kindle e terá o preço de 289,99 Euros.

Estará disponível a partir de 27 de abril, ou seja já no final deste mês, mas já pode ser encomendado para Portugal a partir da Amazon Espanha.

As encomendas efetuadas nesta fase beneficiam de portes grátis.

Nos próximos dias conto apresentar mais detalhes sobre este novo Kindle.

Veja mais detalhes sobre o Kindle Oasis na loja Amazon mais conveniente para si:



Amazon EUA: http://amzn.to/1S6TqQO 










https://clk.tradedoubler.com/click?p=64751&a=1975801&g=18797708

"As Flores de Lótus", de José Rodrigues dos Santos (Edição em Português)

Depois de alguns anos em que a versão portuguesa dos livros de José Rodrigues dos Santos não estiveram disponíveis em edição Kindle, eis que a Gradiva editou, nas lojas Amazon dos Estados Unidos, Espanha e Reino Unido o mais recente livro daquele jornalista e escritor português. Veja mais detalhes em cada uma das lojas Amazon, em função da loja onde tem o seu Kindle registado.







Do editor:

Pode uma ideia mudar o mundo? 
O século xx nasce, e com ele germinam as sementes do autoritarismo.
Da Europa à Ásia, as ondas de choque irão abalar a humanidade e atingir em cheio quatro famílias.
Depois de assistir à queda da monarquia, o capitão Artur Teixeira vê as esperanças da República afundarem-se num caos de instabilidade. Adere à revolução militar e recebe uma missão: convencer Salazar a tornar-se ditador.
Satake Fukui cresce num Japão dilacerado entre a tradição e a modernidade. O seu confronto com o militarista Sawa reflete um braço de ferro que ameaça mergulhar o país, e o mundo, numa catástrofe sem precedentes.
A chinesa Lian-hua nasce com olhos azuis, os mesmos que veem a China arrastada para um choque titânico entre os nacionalistas, os comunistas e os japoneses. Apanhada no fogo cruzado, é raptada por um radical comunista: o jovem Mao Tse-tung.
Os bolcheviques acabam de conquistar a Sibéria e batem à porta da pequena quinta dos Skuratov. Estaline iniciou as coletivizações e a família de Nadezhda é lançada num ciclo de medo, fome e sofrimento.

Quatro histórias. Quatro famílias. Quatro destinos.
Senhor de uma prosa lúcida e poderosa, José Rodrigues dos Santos embarca connosco e com figuras históricas como Salazar e Mao Tse-tung numa viagem arrebatadora que nos leva de Lisboa a Tóquio, de Irkutsk a Changsha, do comunismo ao fascismo. Com As Flores de Lótus nasce uma das mais ambiciosas obras da literatura portuguesa Contemporânea.

"Número Zero" de Umberto Eco - em português para Kindle

Umberto Eco é unanimemente reconhecido como um dos maiores escritores do nosso tempo. Com um saber enciclopédico que se distinguia no mundo académico e intelectual mas que conseguia igualmente chegar ao grande público, pelo sua linguagem apelativa e interessante, mas sem compromissos nem "facilitismos", bem pelo contrário.

Depois de ler "O Nome da Rosa", um thriller medieval revolucionário confesso que fiquei talvez ainda mais impressionado com "O Pêndulo de Focault", uma "história de muitas histórias" apaixonante e rica, um romance absorvente e, mais uma vez pleno de referências históricas marcantes.

Desta vez trago ao blogue o último romance de Umberto Eco, "Número Zero", publicado em Portugal pela Gradiva, e que a mesma editora publicou em Edição Kindle.

Assim se tiver comprado o seu Kindle na

Loja dos EUA pode comprar o livro aqui, ou clicando na imagem abaixo


Após algumas buscas, creio que o livro não está disponível nas lojas Amazon do Reino Unido e de Espanha.

Sinopse, do Editor

Sinopse
Um livro empolgante, de um escritor que dispensa apresentações.

Este é um romance que não deixa ninguém indiferente à reflexão sobre os jornais e o jornalismo. Como cenário de fundo tem uma redacção de um jornal diário, que se está a constituir de modo apressado e por razões que menos se relacionam com o objectivo de preparar boa informação e mais respeitam à criação de uma «fachada» para servir interesses próprios. Neste caso, não os interesses dos jornalistas, poucos, relativamente mal pagos e com histórias de carreira onde o sucesso não tem tido lugar, mas sim os interesses de quem tem poder, dinheiro ou ambos. Poderá um órgão de comunicação social servir para ter os inimigos na mão e chegar aonde se quer?

Um jornal que está a dar os primeiros passos muito tem para decidir. E esta obra de Umberto Eco torna-se, nesta vertente, numa espécie de «manual» de decisões onde a qualidade do produto final está mais arredada das preocupações do que seria desejável. Neste jornal, designado Amanhã, há espaço para criar notícias, reciclar notícias e encobrir notícias. Sendo esta uma obra de ficção, a leitura que pode ser feita do que lá se escreve vai além da boa leitura que a narrativa proporciona.
Poder e jornalismo associam-se aqui a teorias da conspiração. Um redactor paranóico que anda pela Milão em que a história se passa, segue atrás de pistas que remontam ao fim da Segunda Guerra Mundial e, somando factos, chega a um complexo resultado que tem tudo para convencer. Começa pelo cadáver de um pseudo-Mussolini e segue pelos meandros da política, envolvendo o Vaticano, a máfia, os juízes e os serviços secretos



Novidade - Kindle na Amazon Espanha pode ser enviado para Portugal por 85 Euros!

Por estes dias tentei pesquisar, como faço com alguma periodicidade, qual os preços dos diferentes modelos Kindle na loja Amazon dos Estados Unidos, a única que, até agora permitia encomendar os diferentes modelos Kindle diretamente para Portugal.

A verdade é que, até muito recentemente, nenhum dos modelos que habitualmente são enviados para Portugal (nomeadamente o Kindle "simples" e o Kindle Paperwhite) estava disponível para envio para o nosso país. Tentei por isso pesquisar nas lojas Amazon Espanha e Amazon Reino Unido

A verdade é que posso anunciar que, desde meados de janeiro do corrente ano, já é possível encomendar vários modelos Kindle diretamente para Portugal, com entrega em sua casa, na loja


De notar que, por exemplo, neste momento em que escrevo, está disponível para encomenda, na Amazon Espanha o Kindle Paperwhite Sem Ofertas Especiais (ou seja, em que o ecrã inicial não apresenta publicidade - Preço base: 139,99 Eur), 

Ou ainda o Kindle "base" que custa apenas 79,99 Eur na Amazon Espanha. Com despesas de envio e IVA incluído este modelo o Kindle custa agora apenas 85,89 Euros!

Veja aqui o preço final (25.02.2016):


Confirmación del Pedido

Productos:EUR 81,32
Envío:EUR 4,57

Importe total:EUR 85,89
El total del pedido incluye el IVA. 


Na loja



Assim, nos próximos dias publicarei posts detalhados com os preços e características sobre os modelos disponíveis, bem como links atualizados para os livros em português disponíveis em qualquer uma das lojas Amazon. Será particularmente interessante ver de qual das lojas será mais barato comprar o Kindle. Para já estão em causa apenas os modelos Kindle E-ink, ou seja, tinta eletrónica. Do Kindle Fire (tablet) trataremos mais tarde.



Clique na capa do livro para mais detalhes em Amazon.es

Lista Atualizada de Livros Grátis, em Inglês - Não Clássicos

Durante muito tempo neste blogue publiquei listas de livros gratuitos para o Kindle ou para a aplicação Kindle em iPad, iPhone, Android ou PC/Mac.

Após alguma falta de tempo, volto agora com mais assiduidade a essa publicação, pois por vezes encontram-se títulos interessantes que se encontram em promoção por um período de tempo limitado.

Veja aqui a lista atualizada de livros gratuitos em inglês, na loja Amazon dos EUA (Amazon.com)


Alguns exemplos, abaixo. Clique nas capas para saber mais:

Product Details

Product Details

Veja aqui a lista atualizada de livros gratuitos em inglês, na loja Amazon do Reino Unido (Amazon.co.uk)

Alguns exemplos, abaixo. Disponíveis para clientes da loja Amazon do Reino Unido. 
Clique nas capas para saber mais:

Product Details

Product Details









"A rapariga no comboio", de Paula Hawkins

Hoje volto às novidades no blogue com um livro que li na semana passada e que me prendeu mesmo desde o início. Trata-se de "A rapariga no comboio", de Paula Hawkins, editado em ebook Kindle em português de Portugal pela editora TOPSELLER.

Como é hábito, e tal como o Kindle permite, fiz primeiro o download de uma amostra gratuita do livro antes de o comprar efetivamente. A verdade é que fiquei conquistado desde as primeiras páginas. Este é um daqueles livros que não conseguimos mesmo deixar de lado até à última página.

Agora em edição portuguesa para o Kindle,

  aqui: A rapariga no comboio. (Amazon Estados Unidos).

Amazon Reino Unido: A rapariga no comboio

Amazon Espanha: A rapariga no comboio

Amazon França: A rapariga no comboio

Amazon Itália: A rapariga no comboio

Amazon Alemanha: A rapariga no comboio



Do editor:

O êxito de vendas mais rápido de sempre. O livro que vai mudar para sempre o modo como vemos a vida dos outros.

#1 de vendas absoluto em Portugal durante 13 semanas consecutivas, desde o dia do seu lançamento, e mais de 6,5 milhões de livros vendidos em todo o mundo (até agosto-2015). 

Todos os dias, Rachel apanha o comboio.
No caminho para o trabalho, ela observa sempre as mesmas casas durante a sua viagem. Numa das casas ela observa sempre o mesmo casal, ao qual ela atribui nomes e vidas imaginárias. Aos olhos de Rachel, o casal tem uma vida perfeita, quase igual à que ela perdeu recentemente.

Cuidado com o que vê pela janela.
Até que um dia, Rachel assiste a algo errado com o casal... É uma imagem rápida, mas suficiente para a deixar perturbada. Não querendo guardar segredo do que viu, Rachel fala com a polícia. A partir daqui, ela torna-se parte integrante de uma sucessão vertiginosa de acontecimentos, afetando as vidas de todos os envolvidos.

De leitura compulsiva, este é o thriller do momento, absorvente, perturbador e arrepiante.

«Um livro assim, capaz de viciar, escrito em crescendo e carregadinho de surpresas e desmentidos, só acontece raramente.» - Diário de Notícias

«É um page turner que mexe com fantasmas coletivos.» - Visão

«Paula Hawkins absorve várias influências. Dos policiais escritos por mulheres a Cormac McCarthy, há um nome que vem da adolescência: Agatha Christie.» - jornal i

«Um thriller arrepiante. Até os leitores mais perspicazes ficarão chocados, à medida que os factos vão sendo revelados.» - Kirkus Reviews

«Que personagens, que história, que livro! É Alfred Hitchcock para a nova geração!» - Terry Hayes, autor de Peregrino

«Um thriller fantástico. Manteve-me acordado grande parte da noite.» - Stephen King

«O mais envolvente romance com um narrador inconfiável desde Em Parte Incerta. Este livro vai deixar os seus leitores arrepiados.» - New York Times