Os ebooks e a Pirataria - Dois artigos interessantes

A pirataria de ebooks é boa, diz o primeiro artigo, aqui:

http://futurebook.net/content/piracy-good

Um excerto:

"The opportunities of piracy
Once you are able to see piracy not only as a threat, you can start to see the positive effects. Positive? Yes. Think about why people pirate your books. Why would they do that? Think negative and you might say: they don’t want to pay for it. Could be (see the text under the next heading how to tackle that). But the main reason is: they want your book! And that is a good thing, right? So if you want to use that in your own advantage, you could see piracy (in other words: downloading for free) as sampling. Hey, an opportunity! Take over control and spread the work for free yourself."

O segundo refere o facto de alguns autores encorajarem a pirataria dos seus próprios livros. Veja aqui:


Um excerto:

"Are authors pirating their own ebooks to promote themselves?

We have spoken with a few authors who did not want to be named because of book publishing deals with companies and would only speak with us under the cover of anonymity.
We have found through our research that certain authors have been deliberately been leaking their own books to popular Bittorrent sites such as the Pirate Bay and Demonoid. From the authors we spoke with there were two main reasons why they initially did this. The first factor was to publicly denounce the torrent site for pirating their works and then capitalizing on the ensuing television, radio or online attention that came along with it. The second reason was far more nobler, to share their books for free on sites that often have copyright infringing material."

_____________________________________________________________________

Seis ferramentas para edição de ebooks

A Mediabistro.com apresenta 6 ferramentas através das quais pode criar os seus livros digitais.

Saiba como pode criar um ebook aqui.

_____________________________________________________________________

Ebook do Dia "Portugal - E Agora? O que Fazer?"

A editora DEPLANO acaba de editar a versão Kindle de um livro editado em Portugal em Novembro de 2010 na edição em papel: "Portugal - E Agora? O que Fazer?

É uma edição de saudar, tendo em conta que não há muitos livros portugueses na área da economia na versão "oficial" para o Kindle. E o tema vem mesmo a propósito, tendo em conta a época que vivemos.

Para ler o primeiro capítulo grátis ou comprar pode clicar aqui ou sobre a imagem

Deixo aqui a sinopse do livro:


A Grande Depressão deste início do Século XXI começou com o vírus financeiro, descontrolado, a infectar a economia mundial, a partir dos EUA, e a destroçar o paradigma em que vivemos nas ultimas décadas. Depois da Grande Depressão de 1929, do Choque Petrolífero de 1973, da Crise Petrolífera de 1980 na guerra Irão - Iraque, da Crise Asiática de 1987 e do rebentar da bolha.com em 2000, o Mundo afundou-se de novo numa violenta crise económica e financeira à escala global.
As grandes referências desta crise, ou as imagens de marca, estão identificadas: especulação, ganância, corrupção, economia virtual, desregulação, sub-prime, produtos tóxicos, futuros, derivados, CFC, regulação, off-shores.
Alguns dos mais importantes gigantes financeiros e empresariais faliram e, nas práticas das suas equipas de gestão, ficaram a descoberto as marcas do pior da natureza humana. E o contágio alastrou por todo o planeta.
42 destacadas figuras portuguesas de referência, da Universidade e da vida económica e empresarial, fizeram em 2009 a primeira grande reflexão sobre as causas desta crise, em Portugal e no Mundo.

«… há que voltar a incutir valores, nomeadamente o respeito pelos outros e pela natureza, a verdade, a justiça, a tolerância, a partilha, e invertendo o espírito consumista e imediatista que impera nas sociedades actuais, de forma transversal, sem medir consequências nem efeitos a nível individual ou colectivo. Valores que são absolutos e não relativos, como tudo parece ser hoje em dia, valores que são a pedra basilar de todas as sociedade e que parecem hoje ter desaparecido, com as consequências à vista…»
Isabel Jonet, Presidente do Banco Alimentar contra a Fome

«…o sistema em vigor faliu … porque, progressivamente, se evoluiu para um sistema financeiro cada vez mais especulativo e irreal, não alicerçado na economia real mas sim substituído pela famigerada “economia virtual ou de casino” com os seus inúmeros “subprimes”, incontroláveis “produto tóxicos” e outros “derivados” em que já ninguém tinha mão e que ruíram como castelos de areia à primeira ventania. Era o delírio do jogo da roleta russa. A ressaca só podia, como foi, ser violenta…»
Fernando Nobre, Fundador e Presidente da Fundação AMI




Livros Gratuitos para o Kindle - Manuais escolares

Notícia via ebookportugal.net

A loja Amazon Kindle disponibiliza mais de 60 obras TextVook, livros de âmbito escolar.

A Vook tem os títulos gratuitos por tempo limitado na Amazon, uma estratégia adoptada para como promoção de lançamento. Os TextVook, que fazem incluem multimédia, podem ser lidos em iPad, iPod e iPhone por via da aplicação Kindle.

Observe os TextVook grátis aqui.

Ainda há livros em papel... Promoção Amazon Reino Unido

Livros a Preços Especiais na Amazon do Reino Unido (paperback) - Entregas grátis em Portugal para encomendas a partir de 25 Libras

Seasonal offers - Amazon.uk

"A Amazon devia oferecer o Kindle", diz colunista da CNN

Segundo Amy Gahran, colunista da CNN, a Amazon terá muito a ganhar a partir do momento em que passar a oferecer o Kindle. O seu principal argumento é que a Amazon tem bastante a ganhar com a venda de livros, mais do que com a venda dos equipamentos. E é claro que quanto maior for o número de Kindles no mercado maior será o número de livros vendidos.


O articulista adianta mesmo possíveis cenários sobre a forma como o Kindle poderá vir a ser oferecido.


Pode ler o artigo completo aqui.

Cinco ferramentas para publicar o seu livro

Hoje em dia há muitas possibilidades para publicar um livro sem ter de passar pela editoras tradicionais.

Conheça aqui cinco sites através dos quais pode publicar o seu livro.

Via www.mediabistro.com