O iPad e o futuro dos livros - Crónica de Isabel Coutinho

Aqui deixo um link para a crónica da jornalista Isabel Coutinho, publicada no suplemento Ípsilon, do jornal PÚBLICO de 6 de Fevereiro de 2010.


Parece-me uma reflexão interessante sobre um tema que está na ordem do dia.
.

Kindle Público

O Público já anuncia na sua página na web a versão Kindle do jornal. Como é habitual nas edições de Kindle dos jornais há um período inicial de 14 dias em que o jornal é gratuito. Pode subscrever os tais 14 dias gratuitos aqui.

Para já tenho a dizer que a edição Kindle é excelente e muito fiel à edição em papel. Fotos e cartoons à parte, tem todos os artigos do caderno principal (excluindo, em alguns dias o"sobe e desce" da última página), incluindo as cartas à Directora e todos os artigos de opinião.

Relativamente ao P2 inclui todos artigos principais das secções Temas e Cultura (incluindo a crónica de televisão).

No P2 faltam os "blogues em papel", a secção "No passado" e "No futuro" e as Informações úteis (cartaz espectáculos, farmácias, tempo, etc).

A edição desta quinta-feira inclui também a secção "Pessoas", bem como os aniversários, mas o artigo está mal formatado - como na web, embora legível - ao contrário da web.

Em geral o preço parece-me muito razoável (10,02 Eur/mês, na Europa - 9,99 USD, nos EUA) face à comodidade e ao conteúdo disponibilizado. Vou mesmo subscrever.


.

Público no Kindle - Já disponível

Eis uma notícia pela qual muitos proprietários de um Kindle esperavam, o Público, jornal diário português de excelência, já tem uma edição Kindle disponível diariamente para download.

Afinal o meu palpite (ver "post" anterior) estava errado e o Público veio mais cedo.

Pode fazer uma assinatura do jornal aqui, na Kindle store. A assinatura mensal custa 13,99 USD (dólares americanos) o que, ao câmbio de hoje significa algo como 10,25 Eur. Parece-me um valor bastante "simpático" à primeira vista. Para os interessados, posso ainda indicar que, tal como acontece com os restantes jornais e revistas, podem testar gratuitamente o Público durante 14 dias.

A edição Kindle fica disponível às 6h30m da manhã (hora de Portugal Continental) de cada dia e é enviada sem fios (e sem necessidade de ligação à internet) para o Kindle.

Deixo para mais tarde uma análise do conteúdo do Público, versão Kindle.

Vejam aqui a capa que o Público escolheu para a Kindle store, pode clicar na imagem para ir para a Amazon e comprar o Público no Kindle.
PÚBLICO