Kindle - Fazer notas e sublinhados nos livros

Uma simpática leitora do blogue, Ana, colocou-me uma questão sobre como funcionam as notas e destaques/sublinhados no Kindle.

Pois bem, o Kindle permite que façamos notas pessoais em livros ou jornais. No Kindle 2 não é possível fazer anotação num PDF mas no Kindle 3 é possível efectuar notas mesmo em ficheiros PDF.

Quanto à questão da sincronização de notas entre dispositivos há uma diferença entre os livros adquiridos na Amazon e os que são obtidos através de outras fontes.

Assim, no caso dos livros adquiridos na Amazon as notas (e os sublinhados – highlights) que efectuamos são sincronizadas no servidor da Amazon e surgem quando abrimos os livros no PC, Mac ou iPhone, por exemplo. Isto, desde que o Kindle tenha a ligação sem fios (3G ou wi-fi) activada quando (ou depois) das notas terem sido efectuadas. Ou seja, uma nota efectuada no Kindle, surge na cópia do mesmo livro que é aberta pelo mesmo utilizador no PC, Mac, iPhone, Backberry, iPad ou equipamento Android.

No que respeita aos livros adquiridos na Amazon existe ainda outra funcionalidade online relativa às notas e sublinhados. Assim, a Amazon criou um serviço online que permite a consulta das nossas notas e sublinhados (livros Amazon, recordo) na web. Pode encontrar esse serviço aqui http://kindle.amazon.com/

No caso dos livros não adquiridos na Amazon as anotações ficam guardadas no próprio livro e podem ser acedidas através do menu principal do livro, através da opção “View my notes and marks”. Não são sincronizadas automaticamente para fora do Kindle mas podem ser extraídas/copiadas como indicarei já de seguida.

Escrever uma nota

Obtém então acesso a uma listagem de todas as suas notas efectuadas no livro em causa

Menu para Ver notas


Listagem de notas do livro

Além disso, todas as notas são guardadas no Kindle, quer seja nos livros adquiridos na Amazon quer nos livros obtidos através de outras fontes. Essas notas são guardadas no Kindle num ficheiro que tem o nome “My Clippings.txt”, que encontra dentro da pasta “documents”.

Isto permite, com toda a facilidade, e mesmo que a sincronização falhe ou a ligação sem fios não esteja activada, copiar todas as suas Notas para qualquer outro ficheiro ou trabalho, ligando o Kindle a um computador através do cabo USB, abrindo esse ficheiro txt "My clippings"

O Kindle surge como um disco amovível, uma “drive”, podendo copiar, abrir ou colar esse mesmo ficheiro ou partes do conteúdo do mesmo em qualquer outro ficheiro.

4 comentários:

Eduarda Abreu disse...

Posso fazer uma pergunta?
Como conseguiu colocar estes livros portugueses no Kindle?
Eu já descobri vários sites com livros gratuitos, mas só me aparecem autores portugueses mais antigos.

Ana disse...

Obrigada pelos esclarecimentos. Parecem de facto funcionalidades muito úteis.

Anónimo disse...

A pedido de várias famílias...
http://ebooksportugal.blogspot.com/2009/02/download-de-ebooks-em-portugues.html

Anónimo disse...

Bom dia.
Gostaria de publicar alguns livros em portuguees no Amazon (kindle, sou um ignorante em materia de e-publishing, podem dar-me uma ajuda, por favor.

Muito Obrigado

ze'

Enviar um comentário