Comprar Kindle - Que Kindle 3 comprar? Versão 3G+Wi-Fi ou Versão Wi-Fi?


Caro leitor anónimo,

Relativamente à opção entre o Kindle com ou sem 3G a verdade é que depende do tipo de utilização que pensa dar-lhe e da disponibilidade e facilidade de acesso a redes Wi-Fi que tem.

O acesso gratuito 3G torna o Kindle extremamente cómodo em termos de compra de livros e jornais. Dito por outras palavras, em qualquer local onde tenha rede móvel, no país ou no estrangeiro, pode comprar um livro ou um jornal na loja da Amazon sem necessitar de ter um PC por perto, ou até mesmo consultar o seu e-mail no gmail (se indicar uma morada de Inglaterra... – ver aqui, http://kindleportugal.blogspot.com/2010/08/duvidas-sobre-o-acesso-3g-em-portugal.html).

Imagine que está longe de Portugal, ou num local tranquilo do nosso país, em qualquer dos casos sem acesso a jornais portugueses e tem vontade de ler o jornal do dia. Pois bem, com o Kindle com acesso 3G gratuito basta ligar o Kindle e comprar o Público por 1 dólar, ficando, em 30 segundos, com acesso à edição Kindle do jornal (sem as fotos).

Pode tirar partido do mesmo imediatismo se lhe apetecer um livro novo, depois de navegar um pouco (gratuitamente) na loja da Amazon.

Com o Kindle não 3G, apenas com Wi-Fi, o referido acima é verdade mas apenas se tiver acesso a uma rede Wi-Fi. Se for gratuita, óptimo, caso contrário tem de arcar com os custos da ligação com a rede Wi-Fi em causa.

Por outro lado, aconselharia o Kindle "Wi-Fi only" a quem tem já uma rede Wi-Fi instalada em casa e/ou no escritório/emprego. A verdade é que não compramos livros novos todos os dias nem fazemos compras na loja da Amazon todos os dias mas quando temos esse impulso é agradável poder fazê-lo com alguma comodidade e sem ter de recorrer a um PC.

Na verdade muitos possuidores de Kindle que conheço têm inúmeros livros do Kindle que obtiveram na Web e depois converteram para o formato Kindle com programas como o Calibre. Para isso a principal ferramenta é o cabo USB, que é fornecido com o aparelho, e que é, mesmo para mim, a principal forma (em termos até estatísticos) de “introduzir” livros no Kindle.

Espero ter ajudado os leitores com esta pequena reflexão sobre o Kindle 3G+Wi-Fi ou apenas Kindle Wi-Fi. 


Agora é só decidir e clicar aqui para comprar :-)

14 comentários:

Ana Luísa Moreira disse...

O meu 3G chega na Segunda-feira!!!!!!

pauloaguia disse...

O meu Kindle com 3G chegou hoje :D

Optei pelo 3G por causa da capacidade de ficar com acesso gratuito à internet em qualquer lado. Na altura, pelo que li, em Portugal o acesso à internet estava limitado mas a verdade é que, mesmo sem mudar nenhuma configuração, consigo aceder a qualquer site a partir do browser do Kindle (a minha morada na Amazon está em Portugal, por isso não tenho acesso por causa de nenhum truque de alteração de morada).

Ainda não tive tempo de explorar devidamente o "bichinho" novo mas para já parece melhor que as críticas que li na net me deixavam antever :)

Angelo disse...

Eu cá não vou ainda encomendar um Kindle 3G. COmprei no início do ano o Kindle DXi e ainda tenho o meu "velhinho" Cybook. Estive ainda a pensar no K3 para substituir o Cybook (devido a uma queda, o écran tem um ligeiro defeito no substracto, aparecento um par de riscos brancos na verticas, de baixo até ao meio de écran), mas entretanto decidi adquirir um iPad, por isso ficará para segundas núpcias.
Mas a escolher, seria a versão WiFi only. Não tenho a necessidade de ter de comprar "on the fly" ou de navegar num web browser tão lento e primitivo.

Anónimo disse...

Caro José,
permite-me dar-lhe os parabéns pelo excelente blog, que me foi essencial para decidir comprar um Kindle 3G. No entanto, algumas dúvidas subsistem:
1: com um Kindle, só poderei adquirir livros pela Amazon? e se for por outros sites? é possível simplesmente copiar ou é preciso algum programa para os "converter"?;
2: Onde posso facilmente adquirir livros em português? A lista da Amazon, parece parca em relação a autores mais recentes...
Faço essas perguntas pois, através do blog, verifico que muitos portugueses já possuem um kindle e é bom saber onde poderei estar a par dos últimos lançamentos na nossa língua, para poder ler no novo gadget!
Muito obrigado.

Ana Luísa Moreira disse...

O meu chegou hoje!!!!!
É tão bonito que até tenho medo de lhe mexer, lol.

@Anónimo, o Kindle lê vários tipos de ficheiro, na wikipedia é possivel encontrar uma tabela de comparação entre diversos ereaders. Também é possivel converter - calibre deve ser o software mais conhecido. Quanto a livros em português confesso que não sei pois leio quase tudo em inglês até porque nem traduzidos estão muitos dos que leio. Só tenho pena que existam tantos que me interessam e apenas estão disponíveis nos EUA.

José Bernardes disse...

Cara Ana Luísa,
Obrigado pelos seus comentários; é contagiante o entusiasmo que sente pelo Kindle :-)
O que eu acho mais interessante com o Kindle é que, estando a comprar um produto que a maior parte de nós nunca viu "na mão", ele "sobrevive à expectativa", pois, pelo menos isso aconteceu comigo, o ecrã é realmente de uma qualidade extraordinária.
Boas leituras!

Pedro Manuel disse...

Há cerca de um mês pedi a um amigo que me trouxesse o Nook dos EUA. Asneira. Apesar das informações que lhe foram prestadas na Barnes & Noble é impossível adquirir livros digitais através da loja virtual da B&N. Tinha optado pelo Nook por causa do teclado virtual.
Entretanto, encomendei o Kindle de 6 polegadas e ainda não o recebi (à data em que o encomendei a data de expedição era 10 de Setembro; para quem encomendar hoje, será o dia 20) e quase dei "graças" por não ter tido sucesso com o Nook, pois, entretanto, li as especificações de fio a pavio no site da amazon (o Nook, tanto quanto me apercebi, não faz zoom e a leitura de ficheiros em PDF fica, assim, comprometida), o seu blog, os comentários publicados aqui e artigos em revistas e, pelos vistos, o Kindle é o leitor de e-books por excelência.
Agora, estou ansioso por o receber.
Não queria deixar de lhe agradecer pelos fabulosos links que inseriu no seu blog e de lhe dar os parabéns pelo seu trabalho.
Com os melhores cumprimentos, Pedro Carreira

Eduarda Abreu disse...

Há um outro programa que converte ficheiros de todos os formatos (pdf, doc...) para o Kindle: Mobipocket Creator. É muito fácil de utilizar. Parece-me que prefiro este ao Calibre. Experimentem. E vejam também o site manybooks.net . Tem imensos livros, de imensos autores, e permite fazer download no formato que se quiser. Depois é só copiar e colar.

Nuno disse...

recebi o meu kindle hoje. fiquei muito desiludido quando percebi que investi no 3g e afinal nao ha acesso à internet cá por portugal :(

José Bernardes disse...

Caro Nuno,
Eu explico isso neste post http://kindleportugal.blogspot.com/2010/08/duvidas-sobre-o-acesso-3g-em-portugal.html
mas não esqueça que consegue ter acesso à Amazon, comprar livros ou jornais e ainda ter acesso à Wikipedia em inglês (é o único booomark a que pode aceder).
Mas... há um "truque" que pode experimentar. Na web, na sua conta de gestão do Kindle na Amazon experimente mudar a sua morada de residência para o Reino Unido (no máximo tem de criar uma morada com Código Postal correcto do RUnido - só para este efeito, não afecta mais nada). Vai ver que tem acesso livre à web, instantaneamente, como que por "milagre"! Evite apenas comprar livros quando estiver com essa morada activada: Para mudar é só voltar à sua morada-país pré-definida - Portugal.
Depois diga se resultou, por favor
Cumprimentos
José Bernardes

Nuno disse...

Muito obrigado José!! Confirmo que funcionou :D

Ana Cristina disse...

Boa tarde.
Gostaria de oferecer um Kindle 3G no Natal. No site da amazon falam de 7 a 9 semanas.
Poderiam confirmar-me se não existe outra maneira para chegar mais cedo.

José Bernardes disse...

Infelizmente para enviar directamente para Portugal neste momento esse é o prazo indicado pela Amazon... como já sugeri a outro leitor pode entregar um vale com uma foto bonitinha a dizer "Encomendado" :-) ... mas não é a mesma coisa, eu sei. Alternativa: encomendar aqui e pedir para enviar para uma morada dos EUA ou de Inglaterra e pedir a alguém que conheça lá que depois o envie pelo correio. Para os EUA penso que não demorará esse tempo todo, para o Reino Unido deverá confirmar na página no momento da encomenda.

Ana Cristina disse...

Obrigado pela ajuda.

Enviar um comentário