"Bateria do Kindle não é preocupação" - comentário do leitor do blogue, Abel

Agradeço mais uma vez ao leitor deste blogue Abel, o seu comentário, neste caso sobre a bateria do Kindle, que publico em forma de "post":


"Eu tenho um trauma com baterias. Para mim, para além de durarem pouco tempo, tenho o "medo" constante do desgaste e consequente "vicio" da bateria que acontece ao longo dos ciclos de carregamento.
Mas com o Kindle, sinto-me totalmente seguro.
Tirando casos de defeito que nunca se podem prever, uma bateria normal deverá ser mais que suficiente para a vida de utilização do Kindle.
Eu costumo dar este exemplo para mostrar como a bateria do Kindle, em principio, nunca será um problema a curto prazo.
Vamos tomar que a vida de uma bateria são 500 ciclos, sendo um ciclo o tempo de descarga completa da bateria. A partir desses 500 ciclos a bateria começa a "viciar" e deixa de aguentar a capacidade inicial que deveria suportar.
Um telemovel novo. Com uma utilização mais ou menos frequente tem uma bateria que é carregada de dois em dois dias. Se a bateria tiver esses 500 ciclos de vida, o telemovel não deverá ter problemas de bateria durante 1000 dias (2 x 500) o que dá algo entre dois anos e meio e tres anos de utilização. 
Agora vamos supor, um Kindle, com alguma utilização e com um ciclo de 7 dias. Com uma bateria de 500 ciclos deverá aguentar 3500 dias ou seja, quase 10 anos.
Agora claro que a vida de uma bateria varia com varios factores. Um deles que é o "mortal" no caso dos telemoveis e portateis é o aquecimento da bateria que reduz os ciclos de carregamento. Mas no Kindle o aquecimento é totalmente ZERO. O Kindle simplesmente NÃO aquece. Pelo menos por ele só. Um telemovel ou portatil, se estivermos a mexer com ele, ele aquece devido ao processador a funcionar. O Kindle não.
Outro facto a ter em conta é que um Kindle pode aguentar mais que uma semana. Afirma-se que um Kindle pode durar 2 semanas com wireless desligado o que daria para o dobro do tempo referido acima. E depende muito do uso que lhe damos. Obvio que não se irá gastar a bateria do Kindle todas as semanas. Pode haver alturas em que dure um mês a gastar a bateria toda do Kindle. O que aumenta mais ainda a vida da bateria.
E mesmo que a bateria do Kindle não aguente 500 ciclos, mesmo que sejam só 100 ciclos, a carregar todas as semanas teriamos uma bateria que duraria 700 dias que seria dois anos e tal. (num telemovel a carregar de 2 em 2 dias seria meio ano +/-).
E por muito que gostemos dos nossos Kindles eles não vão durar para sempre. Mas o tempo que aguentam é incrivel e bastante duradouro.
Por isso, acho que a bateria do Kindle, é sem dúvida a menor das preocupações. Ela durará sem procupações bastantes anos até que comece a falhar. É bem provável que o Kindle seja substituido ou posto de lado antes da bateria começar a viciar. E isto tudo graças à sua fantastica autonomia que eu admiro.
A única maneira de um Kindle ter problemas de bateria a curto prazo (excluindo maus tratos) é se vier com algum defeito, o que, pelo que me apercebo, não tem acontecido.
Por isso, a bateria não é motivo de preocupação." 

Sem comentários:

Enviar um comentário